Paisagens do Lago General Carrera
Publicado por: Toni Martins em 2021-11-28
Na minha viagem pela América do Sul em 4x4 um dos objetivos era visitar as Capelas de Mármore. Para chegar em Puerto Rio Tranquilo, entrei no Chile vindo de Los Antiguos na Argentina, cruzei a fronteira com o Chile em Chile Chico e depois foram 177Km ao longo das margens do Lago General Carrera. Apesar da estrada não ser nada boa, pois era de rípio (pedras pequenas e terra), valeu pelas paisagens. Durante os 177Km, não vi nem uma casa, nem um bar, nada, mas vi paisagens deslumbrantes. Sei que hoje a estrada já se encontra asfaltada, mas quando passei por lá era mais emocionante, barreiras precipícios e muita adrenalina o que acabava por aumentar o prazer pela aventura. Valeu a pena e recomendo esta viagem
Fotos: Toni Martins Ver localização
Hotéis
Que visitar
Aeroportos
Chile Chico . Aisén . Chile
1
Gosto
1
Comentar
1093
Partilhar
Capelas de Mármore, Chile
Publicado por: Toni Martins em 2021-11-30
Algum dia, não recordo nem quando e nem onde, li acerca de umas formações rochosas e grutas a que chamavam de Capelas de Mármore. O nome, e a localização ficaram retidas na minha memória e a curiosidade também. Quando planeei a viagem pela América do Sul em 4x4, com certeza que as famosas capelas vieram à cabeça e ficaram logo no programa a visitar. Seguimos pela Ruta 40 em direção a Los Antiguos (Argentina). Em Los Antiguos comprei um saco de 2Kg de cerejas porque estávamos na época delas e segui para a fronteira com o Chile que ficava a pouco mais de 5Km. Tratei das formalidades de fronteira e não sei como, a policia viu o meu saco de cerejas (Não pode passar). E eu sem entender a razão de não poder passar lá fui reclamando, mas eles queriam porque queriam as cerejas.. (nem pensar, eu não tenho pressa, por isso vou comer todas antes de seguir viagem) e assim fiz. Depois das formalidades de devorar as cerejas, seguimos viagem em direção a Puerto Rio Tranquilo (177km) de estrada de rípio (pequenas pedras e terra), pelo caminho nem uma casa, nem um bar, nada, somente paisagens de perder o folgo. Durante o percurso encontrei alguns aventureiros, um americano que estava fazendo a viagem pelo continente americano de bicicleta a pedal com um reboque onde trazia um cão pastor alemão e duas americanas que estavam fazendo a mesma viagem mas a pé. Como tinha passado a fronteira de manhã, acabei chegando a Puerto Rio Tranquilo já ao final do dia. Encontrei facilmente alojamento (nada de luxos, mas limpo e aconchegante) e passamos a noite para no dia seguinte irmos atrás de saber como podíamos visitar as famosas capelas. Logo pela manhã, durante o café da manhã, a proprietária informou-nos que no cais tinha uns barquitos que faziam esse passeio, assim fizemos, fomos para o cais, pegamos um dos barcos e fomos visitar as capelas. Os barcos levam outras pessoas, se houver, não são passeios em exclusividade (a não ser que assim o contratem). A visita incluindo o tempo de viagem (cerca de meia hora) dura no total cerca de 2 horas. A pergunta que me fazem sempre (vale a pena?) Sim, vale, vale a pena não só pela visita ás capelas, mas também toda a paisagem ao longo da estrada que bordeia o lago General Carrera.
Fotos: Toni Martins Ver localização
Hotéis
Que visitar
Aeroportos
Camping
Puerto Rio Tranquilo . Aisén . Chile
1
Gosto
1
Comentar
1047
Partilhar